Puede usar las teclas derecha/izquierda para votar el artículo.Votación:1 estrella2 estrellas3 estrellas4 estrellas5 estrellas (2 votos, promedio: 4,50 sobre 5)
LoadingLoading...

Mundo

Al Sisi assume presidência da União Africana no “ano dos refugiados”

Adis Abeba / O presidente do Egito, Abdul Fatah al Sisi, assumiu neste domingo a presidência temporária da União Africana (UA) e prometeu concentrar-se na luta contra o terrorismo e o extremismo, dois dos temas que, junto com a migração, ocuparão a agenda do organismo este ano.

“O extremismo e o terrorismo são as maiores ameaças do continente. Durante minha presidência, vou me centrar em abordar estas e outras questões”, disse Al Sisi durante a cerimônia de abertura da 32ª Cúpula Ordinária da UA em Adis Abeba.

O presidente egípcio fez estas declarações depois que seu homólogo ruandês, Paul Kagame, lhe transferiu a presidência do organismo para este ano e lhe cedeu seu posto na tribuna.

O chefe de Estado egípcio também enfatizou a importância de que a UA comece novas iniciativas que se centrem em uma das suas “principais prioridades”, em referência à migração, e instou os demais líderes africanos a promover “iniciativas de alto nível” a esse respeito.

Sua eleição para o cargo foi, no entanto, criticada por organizações internacionais diante das possíveis repercussões em relação aos direitos humanos que esta decisão pode acarretar.

“Durante o tempo que está no poder (no Egito), o presidente Al Sisi demonstrou um escandaloso desprezo pelos direitos humanos. Sob o seu mandato, o país sofreu um declive catastrófico dos direitos e liberdades”, disse nesta sexta-feira a diretora da Anistia Internacional (AI) para o Norte da África, Najia Bounaim.

Chefes de Estado e de governo se reunirão a partir de hoje e até amanhã para tratar temas da agenda da UA, como os refugiados internos, a migração e a criação de um passaporte africano, com 2019 definido como “o ano dos refugiados” para esta organização.

O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, que também estava presente no ato de abertura, elogiou a África novamente por “manter suas fronteiras abertas, ser amável com os países vizinhos e dar exemplo para o resto do mundo”.

“Apesar dos desafios econômicos, sociais e políticos do continente, os governos e as pessoas africanas mantiveram as fronteiras, as portas e os corações abertos a milhões de pessoas necessitadas”, afirmou Guterres.

Kagame, o presidente em fim de mandato da UA, também aproveitou a cerimônia de abertura para fazer uma retrospectiva do seu mandato e elogiou a organização pan-africana por escolher os refugiados como o tema a abordar este ano.

“Devemos continuar construindo uma UA forte e crível. A agenda desta cúpula reflete a capacidade da nossa união para enfrentar as prioridades do continente”, disse Kagame antes de deixar a presidência do organismo. (10 de febrero de 2019, EFE/Practica Español)

Noticia relacionada (2017):


Comprehension

Lee la noticia y responde a las preguntas. (Read the news and answer the questions.)

Congratulations - you have completed Lee la noticia y responde a las preguntas. (Read the news and answer the questions.). You scored %%SCORE%% out of %%TOTAL%%. Your performance has been rated as %%RATING%%
Your answers are highlighted below.
Question 1
En el texto se habla...  
A
de los preparativos para la celebración de la UA.
B
de la celebración de una cumbre de la UA.
C
del aplazamiento de la celebración de una cumbre.
Question 2
Según el texto, esa cumbre fue celebrada...    
A
en Etiopía.
B
en Egipto.
C
en Ruanda.
Question 3
Según el texto, Al Sisi...  
A
acaba de ser elegido presidente vitalicio de la UA.
B
es quien estará durante un año presidiendo la UA.
C
será relevado por Kagame en la presidencia de la UA.
Question 4
Al Sisi...  
A
aseveró que las reformas de esta organización deben continuar.
B
afirmó que no se pueden realizar más reformas en esta organización.
C
descartó que vaya a continuar las reformas de esta organización.
Question 5
En el texto se dice que...  
A
la migración fue uno de los temas que fueron tratados en esta cumbre.
B
Al Sisi no cree que la UA deba abordar temas relacionados con la migración.
C
se desmiente que la migración sea uno de los puntos importantes de la UA.
Question 6
En el vídeo se dice que...  
A
se descarta que Marruecos pueda volver a la UA.
B
Marruecos jamás abandonó la UA.
C
Marruecos volvió a formar parte de la UA.
Question 7
Según el vídeo, Marruecos pidió volver a la UA.    
A
No se sabe.
B
Para nada.
C
Así es.
Question 8
Según el vídeo, Marruecos...    
A
abandonó la UA en rechazo de la admisión de la república saharaui.
B
pidió que la república saharaui fuera admitida en la UA.
C
no abandonó la UA de forma voluntaria.
Once you are finished, click the button below. Any items you have not completed will be marked incorrect. Get Results
There are 8 questions to complete.

Apuntes de gramática: 'deber' + infinitivo, verbos irregulares


Noticias al azar