Puede usar las teclas derecha/izquierda para votar el artículo.Votación:1 estrella2 estrellas3 estrellas4 estrellas5 estrellas (5 votos, promedio: 4,60 sobre 5)
LoadingLoading...

Mundo

China propõe pacto aos EUA e Coreia do Norte para evitar “colisão frontal”

Tamara Gil /// O governo chinês propôs nesta quarta-feira um pacto aos Estados Unidos e Coreia do Norte para conter o recente aumento das tensões e evitar uma “colisão frontal”, em uma nova tentativa de Pequim de se posicionar como o “estabilizador” da cena global.

 


O ministro das Relações Exteriores do país, Wang Yi, sugeriu hoje que Pyongyang suspenda seus testes armamentísticos em troca de Washington e Seul cessarem suas manobras militares, e então, voltarem à mesa de negociações.

“Ambas as partes são dois trens que aceleram, se dirigem em direção ao outro e ninguém quer deixar passar. A pergunta é: estão realmente preparados para uma colisão frontal?“, manifestou Wang na única entrevista coletiva que oferece ao ano, no marco do plenário anual da Assembleia Nacional Popular.

A prioridade da China é acender “a luz vermelha” e “colocar o freio” em ambos trens, ressaltou o chanceler, poucos dias depois do último teste de mísseis do regime de Kim Jong-un, com o qual o Japão e EUA consideraram que a Coreia do Norte entrou em uma nova fase de ameaça.

Wang dedicou críticas a ambas as partes: por um lado, condenando os testes norte-coreanos que “ignoraram a oposição da comunidade internacional” e, por outro, as atividades militares dos EUA e Coreia do Sul, que acrescentam pressão a Pyongyang.

“As armas nucleares não oferecem segurança. O uso da força não levará à solução”, resumiu o ministro.

Perante as críticas do presidente americano, Donald Trump, sobre a falta de vontade de Pequim para conter a Coreia do Norte, o ministro assumiu publicamente o papel da potência asiática: como país vizinho com uma relação muito estreita com a península coreana, “a China é indispensável para a resolução do conflito“, afirmou.

No entanto, insistiu que a disputa é entre Washington e Pyongyang, e, desde o papel de mediador, considerou que o processo de desnuclearização na península deve estar acompanhado do estabelecimento de um mecanismo de paz.

“As conversas (de seis lados) merecem outra oportunidade. A paz ainda está a nosso alcance”, instou.

Wang se mostrou mais combativo em referência ao escudo antimísseis THAAD em solo sul-coreano e advertiu que o sistema, que os EUA começaram a instalar nesta semana, acabará danificando a própria Coreia do Sul e outras nações.

O THAAD “fará menos segura” a Coreia do Sul, opinou Wang, que reiterou que os potentes radares desse sistema põem em perigo os interesses de segurança da China. Tanto Pequim como Moscou asseguram que o dispositivo não só será utilizado a modo de defesa, mas também poderia servir para obter dados de inteligência de suas bases militares.

Apesar de ter iniciado a instalação deste escudo, hoje o ministro das Relações Exteriores não falou dos EUA como uma ameaça.

“Não há razão para que China e EUA não possam se transformar em excelentes parceiros”, disse Wang após seu recente encontro com o secretário de Estado americano, Rex Tillerson, no marco da reunião de chanceleres do G20 na Alemanha.

Pequim, 8 de março de 2017, EFE/Practica Español


Apuntes de gramática: expresando finalidad con para y para que,  presente del subjuntivo


Noticia relacionada


Comprensión del vídeo B.2 (Listening B.2)

Congratulations - you have completed . You scored %%SCORE%% out of %%TOTAL%%. Your performance has been rated as %%RATING%%
Your answers are highlighted below.
Question 1
En el vídeo se dice que...
A
China rehúsa mediar entre Estados Unidos y Corea del Norte.
B
China se mantiene al margen del conflicto entre Estados Unidos y Corea del Norte.
C
China quiere que haya un acuerdo entre Estados Unidos y Corea del Norte.
Question 2
En el vídeo se dice que China quiere que...
A
Se reduzca la hostilidad entre EE.UU. y Corea del Norte.
B
Corea del Norte prosiga con su plan nuclear.
C
El conflicto entre EE.UU. y Corea del Norte se agrave.
Question 3
Lo que le preocupa a China es...
A
Un posible ataque en su país.
B
Un posible enfrentamiento entre Estados Unidos y Corea del Norte.
C
La completa desnuclearización de Corea del Norte.
Question 4
China aboga por...
A
Endurecer el trato a Corea del Norte.
B
La diplomacia para resolver este conflicto.
C
El enfrentamiento armado para resolver el conflicto.
Once you are finished, click the button below. Any items you have not completed will be marked incorrect. Get Results
There are 4 questions to complete.


Noticias al azar