Puede usar las teclas derecha/izquierda para votar el artículo.Votación:1 estrella2 estrellas3 estrellas4 estrellas5 estrellas (Sin votaciones aún)
LoadingLoading...

Saude

Cientistas afirmam que o SARS-CoV-2 pode permanecer infeccioso ao ar livre por até 24 horas

Viena / O coronavírus SARS-CoV-2, que causa o covid-19, pode permanecer infeccioso por até 24 horas ao ar livre durante os meses de inverno, de acordo com um estudo da Universidade de Medicina Veterinária de Viena (Vetmeduni).

A pesquisa, que a Universidade divulgou nesta segunda-feira em nota, analisa o efeito da radiação ultravioleta (UV) natural emitida pelo sol sobre os coronavírus, tanto em superfícies quanto em aerossóis, já que possui, a princípio, o potencial para torná-los inofensivos.

O sol reduz as infecções no verão …

Mas depende principalmente do local e da estação do ano: em São Paulo (Brasil), por exemplo, “apenas um décimo milésimo de todos os coronavírus sobrevive todos os dias ao ar livre durante todo o ano, enquanto em Reykjavik (Islândia) essa forte influência só ocorre nos meses de junho e julho ”, relata a nota.

Para medir a relação entre a radiação solar e a desativação do SARS-Cov-2, os cientistas combinaram dados de satélite sobre a quantidade de radiação ultravioleta que atinge a Terra com as informações disponíveis sobre a eficácia deste tipo de radiação no coronavírus.

Segundo Alois Schmalwieser, pesquisador que conduziu o estudo, a desinfecção por radiação solar é “muito eficaz em aerossóis” ao ar livre, já que também não tem alternativa.

“O vírus não é muito sensível à temperatura: seriam necessários 50 ou 60 graus Celsius (para desativá-lo), temperaturas que você só encontra no deserto”, explica a pesquisadora à EFE.

Em casos de infecção pessoa a pessoa, entretanto, a radiação ultravioleta teria pouco efeito, já que a transferência do vírus é muito mais rápida do que sua inativação.

… mas não no inverno

Durante os meses mais frios do inverno, quando há menos horas de sol e as nuvens frequentemente cobrem o céu, o efeito desinfetante da radiação ultravioleta é consideravelmente reduzido, especialmente nos países do norte e centro da Europa.

Pelas estimativas dos pesquisadores, se em abril de 2020 – logo após a primeira onda da pandemia – a radiação solar teve um grande efeito na esterilização do coronavírus em todo o continente europeu, essa influência será muito menor em dezembro.

“Em países como Portugal ou Espanha a diferença não será tão grande como em Viena, onde temos céu nublado de novembro a fevereiro”, esclarece Schmalwieser.

O próximo objetivo dos cientistas é calcular a relação exata entre o número de infecções e o efeito da radiação solar.

Ainda assim, Schmalwieser acredita que a maior capacidade de sobrevivência do vírus ao ar livre durante os meses de inverno poderia ser compensada por mais tempo dentro de casa, já que o frio mantém as pessoas fora de casa menos (embora seja conhecido por produzem mais infecções em locais fechados). (17 de novembro de 2020, EFE / PracticaEspañol)

(Tradução automática)

Notícias relacionadas em vídeo (março de 2020):


Comprensión

Lee la noticia y responde a las preguntas

Congratulations - you have completed Lee la noticia y responde a las preguntas.

You scored %%SCORE%% out of %%TOTAL%%.

Your performance has been rated as %%RATING%%


Your answers are highlighted below.
Question 1
El texto trata de...
A
cómo se originó la COVID-19.
B
los peligros que tiene la radiación solar.
C
un estudio de la COVID-19 relacionada con la radiación solar.
Question 2
En el texto se dice que...
A
el efecto desinfectante de la radiación ultravioleta es mayor durante el invierno.
B
se midió la radiación ultravioleta para ver lo efectiva que es esta frente al coronavirus.
C
se desmiente que la radiación ultravioleta pueda tener un efecto desinfectante.
Question 3
Según el texto...
A
se desmiente que el SARS-CoV-2 pueda seguir siendo infeccioso al aire libre si pasan solo un par de horas.
B
se considera que este virus puede permanecer más tiempo en los espacios abiertos durante el invierno.
C
el coronavirus se desactivaría fácilmente con temperaturas inferiores a los 30 grados centígrados.
Question 4
Leyendo el texto entendemos que...
A
se ve innecesario averiguar la posible relación entre el número de infecciones y el efecto de la radiación solar.
B
se pone en duda que el virus pueda transferirse de forma rápida.
C
se registran más contagios en espacios cerrados que en espacios abiertos.
Question 5
Según el vídeo...
A
se desmiente que la temperatura pueda influir en el tiempo de superviviencia del virus.
B
el virus puede sobrevivir en superficies en las que hayan caído gotitas respiratorias contaminadas.
C
el coronavirus puede sobrevivir en el aire más de 30 horas.
Once you are finished, click the button below. Any items you have not completed will be marked incorrect. Get Results
There are 5 questions to complete.

Noticias al azar

Multimedia news of Agencia EFE to improve your Spanish. News with text, video, audio and comprehension and vocabulary exercises