Puede usar las teclas derecha/izquierda para votar el artículo.Votación:1 estrella2 estrellas3 estrellas4 estrellas5 estrellas (1 votos, promedio: 5,00 sobre 5)
LoadingLoading...

Mundo

Civis armados impedem entrada de opositores no Parlamento venezuelano

Caracas / Grupos civis armados, considerados paramilitares pela oposição e por grupos de direitos humanos, impediram a entrada dos deputados da oposição nesta quarta-feira, quando se dirigiam à Assembleia Nacional para uma sessão convocada pelo líder oposicionista Juan Guaidó.

A Agência EFE observou que os civis atacaram com paus e pedras os veículos em que um grupo de legisladores estava, e a equipe de imprensa de Guaidó denunciou que alguns desses civis chegaram a disparar contra a comitiva.

Esses parlamentares fizeram parte de um comitê que foi até a assembleia para verificar a situação, antes que a maioria dos parlamentares tentasse acessá-la.

“Eles atiraram com armas, há vídeos, há as janelas de uma van blindada destruídas. Denunciamos perante o mundo o cerco do Parlamento”, declarou o deputado Carlos Prosperi à imprensa depois de escapar dos ataques.

Segundo Prosperi, o Legislativo tentará realizar a sessão convocada para hoje em um recinto diferente do Palácio Federal. “Continuaremos dando a cara pela Venezuela”, afirmou.

A congressista Delsa Solórzano, que fazia parte do comboio, também denunciou no Twitter que a caravana tinha sido alvejada. Enquanto isso, o segundo vice-presidente do Parlamento, Carlos Berrizbeitia, denunciou a cumplicidade das forças da lei e da ordem com os civis armados e pediu ao Ministro da Defesa, Vladimir Padrino, uma explicação para os acontecimentos.

“Padrino, esse uniforme que você veste pertence a todos os venezuelanos. Como você pode estar protegendo o fato de que no Palácio Legislativo Federal esses terroristas estão atirando com armas de fogo?”, questionou.

Segundo o opositor, integrantes da Polícia Nacional Bolivariana (PNB), da Guarda Nacional Bolivariana (GNB) e da contraespionagem militar (DGCIM) testemunharam os ataques de grupos civis sem intervir. “Temos de agradecer a Deus que não houve morte ou ferimentos graves”, acrescentou Berrizbeitia.

Os opositores se concentraram novamente na sede do partido Acción Democrática, o partido tradicional da social-democracia na Venezuela, onde se espera que Guaidó, reconhecido por quase 60 países como presidente interino, decida um novo local para a sessão de hoje.

O Parlamento é o único poder controlado pela oposição no país, mas suas decisões não são respeitadas pelo Executivo desde a sentença de desacato da Suprema Corte, semanas depois que os opositores assumiram o controle da casa.

O Poder Legislativo também é tema de controvérsia desde o último dia 5, depois que o deputado Luis Parra disse ter sido eleito presidente do órgão em uma sessão acalorada, na qual Guaidó e mais de 100 congressistas não puderam entrar depois de serem retidos por horas pela GNB. Nesse mesmo dia, e em uma sessão improvisada na sede do jornal “El Nacional”, o líder oposicionista foi reeleito como chefe do Parlamento com 100 dos 167 votos em jogo. (15 de enero de 2020, EFE/Practica Español)

La noticia relacionada en vídeo (6 de enero 2020):


Comprehension

Lee la noticia y responde a las preguntas (Read the news and answer the questions)

Congratulations - you have completed Lee la noticia y responde a las preguntas (Read the news and answer the questions). You scored %%SCORE%% out of %%TOTAL%%. Your performance has been rated as %%RATING%%
Your answers are highlighted below.
Question 1
En el texto se dice que... (It's said in the text that...)
A
no hay nada que impida que oposición de Venezuela pueda acceder al Parlamento.
B
la oposición de Venezuela no logró entrar al Parlamento.
C
la oposición venezolana logró entrar al Parlamento a pesar de las dificultades.
Question 2
Según el texto... (According to the text...)
A
la prensa no fue atacada por esos civiles armados.
B
unos civiles armados fueron los que impidieron la entrada a la oposición venezolana.
C
las personas que atacaron a la oposición venezolana no están a favor del Gobierno de Maduro.
Question 3
En el texto se dice que la Policía... (It's said in the text that the Police...)
A
permitió que esos civiles utilizaran la violencia.
B
ha detenido a esos civiles armados que impidieron la entrada de esos diputados.
C
logró evitar que esos civiles atacaran a los diputados.
Question 4
Según el texto... (According to the text...)
A
Guaidó no dijo nada sobre lo ocurrido en el Parlamento.
B
Guaidó admitió que ya no tiene el respaldo de la mayoría de los diputados.
C
Guaidó y los diputados celebraron una sesión en un anfiteatro.
Question 5
En el vídeo se ve que... (It's watched in the video that...)
A
la Policía está impidiendo que los opositores entren.
B
Guaidó está saltando una verja y consigue pasar al otro lado.
C
Guaidó no tiene la mano levantada cuando está haciendo un juramento.
Once you are finished, click the button below. Any items you have not completed will be marked incorrect. Get Results
There are 5 questions to complete.

Noticias al azar

Multimedia news of Agencia EFE to improve your Spanish. News with text, video, audio and comprehension and vocabulary exercises.