Puede usar las teclas derecha/izquierda para votar el artículo.Votación:1 estrella2 estrellas3 estrellas4 estrellas5 estrellas (1 votos, promedio: 5,00 sobre 5)
LoadingLoading...

Mundo

Líderes da UE pactuam fechamento de fronteiras externas por 30 dias

Bruxelas / Os líderes da União Europeia (UE) apoiaram nesta terça-feira, em uma reunião realizada por videoconferência, a proposta da Comissão Europeia (o órgão executivo do bloco) de fechar as fronteiras com países não-integrantes por 30 dias, com algumas exceções, para conter a expansão da pandemia do novo coronavírus.

O presidente do Conselho Europeu (entidade que define as orientações e prioridades políticas gerais da UE), Charles Michel, anunciou em entrevista ao final da reunião que os chefes de Estado e de Governo do bloco foram favoráveis à proposta apresentada pela Comissão Europeia e que voltarão a debater na próxima semana, também por videoconferência, a crise causada pela Covid-19.

Os líderes concordaram em “reforçar as fronteiras externas, restringindo temporariamente as viagens não essenciais à UE por um período de 30 dias, de acordo com a abordagem proposta pela CE“, disse Michel.

“Reafirmamos a necessidade de trabalharmos juntos e fazermos o que for necessário para enfrentar a crise e as suas consequências”, acrescentou.

De acordo com a proposta da CE, os cidadãos do bloco ou residentes de longa duração que retornem para casa, assim como os membros de suas famílias e funcionários diplomáticos designados para a UE poderão entrar nos países da união.

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, explicou que a restrição temporária de entrada na UE teve apoio unânime e salientou que a aplicação cabe agora aos Estados-membros, “que disseram que agiriam imediatamente”. (17 de março de 2020, EFE / PracticaEspañol)

As notícias em vídeo relacionadas:


Noticias al azar