Puede usar las teclas derecha/izquierda para votar el artículo.Votación:1 estrella2 estrellas3 estrellas4 estrellas5 estrellas (1 votos, promedio: 5,00 sobre 5)
LoadingLoading...

Ciencia

Nave tripulada Dragon Endeavour volta à Terra e pousa no Golfo do México

Miami, 2 ago (EFE).- A cápsula Dragon Endeavour da SpaceX, com os astronautas da Nasa Robert Behnken e Douglas Hurley a bordo, pousou nas águas do Golfo do México neste domingo, após uma viagem de 19 horas saindo da Estação Espacial Internacional (ISS).

Como planejado e sem problemas, a cápsula pousou na superfície do mar com a ajuda de um paraquedas às 14h48 (local, 15h48) em um ponto no Golfo do México, perto de Pensacola, na costa noroeste da Flórida.

O barco Navigator, da SpaceX, estava a apenas cerca de três milhas náuticas do local para assumir a recuperação da nave, que será colocada em seu convés.

Os dois astronautas estão bem, segundo informações divulgadas por um porta-voz da Nasa durante a transmissão ao vivo do final da missão Demo-2, e serão submetidos a exames médicos antes de voarem para Houston, no estado do Texas.

Foi o encerramento da histórica missão, que começou no final de maio no Cabo Canaveral, Flórida, e que certificará a capacidade da SpaceX, empresa do magnata Elon Musk, de realizar viagens espaciais comerciais.

A viagem de Behnken e Hurley foi a primeira em solo americano e em uma nave espacial comercial para a ISS desde a conclusão do programa de transporte da Nasa em 2011.

Antes de entrar na atmosfera terrestre, a espaçonave foi separada da estrutura da carga, que mais tarde se desintegrará, e seu peso foi reduzido para 21.200 libras (cerca de 9,6 mil quilos). Depois, fez uma manobra para deixar a órbita. Uma vez na atmosfera terrestre, foi ativado um primeiro lote de dois paraquedas e em seguida um de quatro, para guiar a nave até o local escolhido para o “mergulho” e para facilitar uma queda suave depois.

A nave havia se desprendido da ISS automaticamente às 20h35 (de Brasília) neste sábado para iniciar a viagem de volta. Behnken e Hurley, que dormiram durante oito das 19 horas, foram acordados nesta manhã do centro de controle da missão com uma gravação de áudio de seus filhos, de acordo com uma nota emitida pela Nasa.

Ao todo, eles passaram 62 dias na ISS, durante os quais deram 1.024 voltas ao redor da Terra, passaram 114 horas fazendo pesquisas e viram vários veículos espaciais chegarem e partirem da estação espacial, segundo a agência. EFE

Noticia relacionada


Noticias al azar