Keys with easy examples to know more about the direct and indirect object in Spanish.
Puede usar las teclas derecha/izquierda para votar el artículo.Votación:1 estrella2 estrellas3 estrellas4 estrellas5 estrellas (544 votos, promedio: 3,84 sobre 5)
LoadingLoading...

Sintaxe

O Complemento Direito e Indireito em espanhol

Em espanhol o verbo tem uma serie de complementos (elementos cuja função é a de completar o verbo). Os dois básicos são o Complemento Direito (CD) u Objeto Direito e o Complemento Indireito (CI) u Objeto Indireito.

O Cé a pessoa, animal ou coisa sobre a qual repousa a ação do verbo. Generalmente segue o verbo e não leva preposição (a única preposição que pode acompanhar o complemento direito é “a”). O CD não tem que concordar com o verbo em número y pessoa.

Os verbos que no podem construir um predicado completo só, ou seja, os verbos que prêcisan de um complemento direito pra ter sentido total, são nomeados “verbos transitivos” (Ex.: comprar, leer -ler-, mirar- olhar-). Os verbos que, pelo contrário, no podem ir acompanhados de um complemento direito são nomeados “verbos intransitivos” (Ex.: ir, nacer- nascer-, morir- morrer-, llorar- chorar-, florecer- florescer-, etc.)/span>

Podemos identificar el CD a partir de los siguientes criterios:
1. Perguntando o verbo “O que?” ou “Quem?”:
El otro día fui al hospital a ver a Adrián. > ¿A quién fui a ver al hospital? > A Adrián. (No outro dia eu fui ao hospital pra ver Adrian.> Quem eu fui ver no hospital?> Adrian)

2.Pode ser substituído pelos pronomes lo(s), o la(s), dependendo do número e do género gramatical:
El otro día fui al hospital a ver a Adrián > El otro día fui al hospital a verlo. (No outro dia eu fui ao hospital pra ver Adrian.> No outro dia eu fui para vê-lo).
Me comí todas las lentejas > Me las comí todas. (Eu comi todas as lentilhas> Eu comi-las todas).

Note que em algumas regiões de Espanha o pronome le(s) também é utilizado neste contexto para se referir a pessoas.
El otro día fui al hospital a ver a Adrián > El otro día fui al hospital a verle. (No outro dia eu fui ao hospital pra ver Adrian.> No outro dia eu fui para vê-le)

3. C Cuando el complemento directo es un objeto se puede sustituir por “eso”/”esas cosas”:
Voy al cine a ver un documental > Voy al cine a ver eso. (Eu vou ao cinema pra ver um documentário> Eu vou ao cinema para vê-lo).

4. Cuando pasamos la oración a pasiva el CD se convierte en sujeto paciente:
Voy al cine a ver un documental > El documental va a ser visto en el cine. (Eu vou ao cinema pra ver um documentário>O documental será visto no cinema).
Ten en cuenta que en algunos casos está transformación es imposible.

O Complemento Indireito é a pessoa, animal ou coisa que recebe de forma indireita o benefício ou dano da ação. Pode ir acompanhado das preposições “a” e “para”.
Compró comida para Rosa (Compró comida pra Rosa)
CD                  CI

Podemos identificar o Complemento Indireito a partir dos seguintes puntos:
1. Debemos perguntar o verbo “¿quem?” ou “¿para quem?”.
Compró comida para Rosa
¿Para quién compró comida? > Para Rosa. (Pra quem compró comida?> Pra Rosa).

2.O CI pode ser substituído por le(s), independentemente de si o CI é femenino ou masculino.
Escribí una nota al profesor > Le escribí una nota. (Eu escrevi uma nota para o professor> Eu escrevi-le uma nota).
Pidió disculpas a su hermana > Le pidió disculpas. (Ele pediu desculpas à sua irmã> Ele pediu desculpas a ella).

Nos casos em que o CI aparece na mesma frase que o CD em forma pronominal, é substituído por “se”. E o ordem da frase é CI + CD.
Compró comida para Rosa > Se la compró.
Se (Rosa) la (comida) compró.
CI + CD + Verbo

Por Verónica Rodríguez/Graduada en Lengua Española y Literaturas Hispánicas por la Universidad de Las Palmas de Gran Canaria, especial para Practica Español

(Texto traducido por Naiara Salinas,graduada en Filología Hispánica por la Universidad de Navarra, con estudios de español como lengua extranjera).

Noticias al azar

    Post of grammar to improve your Spanish with Practica Español, web of Agencia EFE.