Puede usar las teclas derecha/izquierda para votar el artículo.Votación:1 estrella2 estrellas3 estrellas4 estrellas5 estrellas (1 votos, promedio: 5,00 sobre 5)
LoadingLoading...

Saude

OMS faz alerta e admite convivência duradoura com o novo coronavírus

Genebra (Suíça) / O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, pediu nesta quarta-feira que o mundo se mantenha em alerta, apesar da redução em parte da Europa dos casos de Covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus.

“Em alguns países, a pandemia está em fase preliminar, em outros há ressurgimento dos surtos. Falta muito por fazer ainda e o vírus estará conosco por muito tempo”, admitiu o líder da agência da ONU, em entrevista coletiva.

Hoje, Tedros anunciou que a contabilização da OMS aponta para 2,5 milhões de casos de infecção pelo novo coronavírus e que foi superada a marca de 160 mil mortos em todo o planeta.

Além disso, o diretor da organização destacou o papel das medidas de distanciamento social adotadas por diversos governantes.

“Tiveram êxito em frear os contágios em muitos países, mas o vírus segue sendo muito perigoso”, admitiu o médico etíope.

Para Tedros, um dos maiores riscos na fase atual é se levar pelo desejo de romper o confinamento, independente dos riscos, embora admita que nos países em que a população está frustrada há muitas semanas, seja possível entender a frustração.

Tedros afirmou que, onde já começa a ser revertido o isolamento, é preciso compreender que a volta à normalidade ainda demorará, mas que é de se esperar que a população esteja melhor preparada para futuras pandemias. (22 de abril de 2020, EFE/PracticaEspañol)

As notícias em vídeo relacionadas:


Noticias al azar

Multimedia news of Agencia EFE to improve your Spanish. News with text, video, audio and comprehension and vocabulary exercises