Puede usar las teclas derecha/izquierda para votar el artículo.Votación:1 estrella2 estrellas3 estrellas4 estrellas5 estrellas (2 votos, promedio: 5,00 sobre 5)
LoadingLoading...

Mundo

ONU alerta para aumento do tráfico humano em zonas de conflito

Viena / A ONU alertou nesta segunda-feira que grupos armados em zonas de conflito utilizam com mais frequência o tráfico humano para conseguirem recursos e atrair novos recrutas, com a promessa, por exemplo, de recompensá-los com mulheres exploradas como escravas sexuais.

O Relatório Global sobre Tráfico Humano 2018, apresentado em Viena, na Áustria, analisa cerca de 24 mil casos documentados em 2016 em 142 países, e a exploração sexual (59%) continua sendo o crime mais frequente desta escravidão “do século XXI”, seguido pelo trabalho forçado (34%).

Os números do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC, na sigla em inglês) são apenas a ponta do iceberg, já que muitas das vítimas não são detectadas e nem todos os Estados contam com o mecanismo adequado para combater este crime.

Segundo o estudo, mais de 70% das vítimas globais de tráfico humano são do sexo feminino.

Quase metade das vítimas totais são mulheres adultas (49%), enquanto as menores de idade representam 23% e seu número está crescendo.

Os homens representam 21% das vítimas documentadas e os meninos 7%.

Enquanto a maioria das vítimas de exploração sexual são do sexo feminino, os homens formam o maior grupo nos casos de trabalho forçado.

Em zonas de conflito na África Subsaariana e no Oriente Médio, grupos armados transformam meninas e mulheres em escravas sexuais “para promover o recrutamento e recompensar seus combatentes”, diz o texto.

O relatório afirma que os grupos armados utilizam também o tráfico humano como ferramenta para difundir o terror entre a população e assim facilitar sua obediência.

O UNODC não oferece dados sobre o número de vítimas totais em zonas de guerra, mas afirma que milícias e grupos criminosos tentaram explorar a população deslocada pelos conflitos de Síria, Iraque e Afeganistão, assim como a minoria rohingya em Mianmar.

O estudo afirma que o número de vítimas documentadas em escala global aumentou, mas que isso também pode ser devido ao fato de os países contarem com mais meios para detectá-las.

O UNODC lembra que, em 2009, apenas 26 países contavam com instituições específicas que recolhiam dados sobre tráfico humano, enquanto agora já são 65.

Em qualquer caso, o UNODC critica que em grandes partes da África e da Ásia quase não há detecção de vítimas e condenação de traficantes de pessoas, e pede mais esforços aos países desses continentes para aplicar a legislação internacional. (7 de enero de 2018, EFE/Practica Español)

La noticia relacionada en vídeo (septiembre 2018):


Comprehension

Lee la noticia y responde a las preguntas. (Read the news and answer the questions.)

Congratulations - you have completed Lee la noticia y responde a las preguntas. (Read the news and answer the questions.). You scored %%SCORE%% out of %%TOTAL%%. Your performance has been rated as %%RATING%%
Your answers are highlighted below.
Question 1
La noticia habla de...  
A
un informe que se elaborará sobre la trata de personas.
B
una cumbre para luchar contra la trata de personas.
C
un informe sobre la trata de personas en el mundo.
Question 2
Según la ONU, los grupos armados...  
A
suelen utilizar la trata de personas para financiarse.
B
por ahora no utilizan la trata de personas para financiarse.
C
ya no utilizan la trata de personas para financiarse.
Question 3
La trata de personas solo afecta a mujeres y niños.
A
Para nada.
B
Es verdad.
C
No se sabe.
Question 4
Según el texto, la ONUDD analizó...  
A
cientos de miles de casos para elaborar ese informe.
B
más de veinte mil casos para elaborar ese informe.
C
poco más de una decena de miles de casos.
Question 5
Según la ONU, la trata de personas...  
A
solo se produce en algunos países africanos.
B
también a afecta a personas desplazadas por los conflictos.
C
no se produce en ningún país asiático.
Question 6
En el vídeo se dice que la Policía Nacional...    
A
trabaja lucha contra la trata.
B
todavía no tiene inspectores especializados en la trata.
C
no está en contacto con organizaciones no gubernamentales.
Question 7
Según el vídeo,  la Policía Nacional liberó...  
A
más de 2.000 mujeres.
B
a solo 200 mujeres.
C
a más de 200 mujeres.
Once you are finished, click the button below. Any items you have not completed will be marked incorrect. Get Results
There are 7 questions to complete.

Vocabulary

Congratulations - you have completed . You scored %%SCORE%% out of %%TOTAL%%. Your performance has been rated as %%RATING%%
Your answers are highlighted below.
Question 1
'Facilitar' es...  
A
proporcionar algo.
B
evitar.
C
dificultar algo.
Question 2
Un sinónimo de 'terror' es...  
A
alegría.
B
miedo.
C
duda.
Question 3
En la noticia, trata es...  
A
la venta de personas como esclavas.
B
un tema de estudio.
C
una liberación.
Question 4
'70%' se lee...  
A
setenta para cien.
B
setenta y cien.
C
setenta por ciento.
Question 5
'Quince por ciento' es igual que...      
A
15%.
B
15º.
C
15ª.
Once you are finished, click the button below. Any items you have not completed will be marked incorrect. Get Results
There are 5 questions to complete.

Noticias al azar